Cartão Ponto

Hora Extra

Como fazer o Cálculo das Horas Extras

A hora extra, também chamada de extraordinária, é o tempo excedente que um empregado fica na empresa após, ou antes da sua jornada diária de trabalho. De acordo com a legislação trabalhista, a duração normal de atividade – salvo em casos especiais – é de, no máximo, oito horas diárias e 44 horas semanais. Ninguém pode, por exemplo, fazer hora extra todos os dias, e deve receber centavo por centavo de cada hora extra que faz. Isso tudo está previsto em lei, e a hora extra nada mais é do que o cálculo da estimativa de valor a se pagar a um funcionário devido ao número de horas extras trabalhadas. A hora extra, então, começa a contar a partir do cartão Ponto de cada funcionário.

Hora Extra

Se por algum motivo, acordado entre o contratado e o contratante, o colaborador ficar além do que foi estipulado, ele será remunerado pelas horas a mais trabalhadas na empresa. E é sobre essa questão que muitos brasileiros têm dúvidas: como calcular esse valor para saber que estou recebendo a quantia correta?

O artigo 61 do Código de Leis do Trabalho afirma que a hora extra pode ser considerada uma alternativa em poucos casos, sendo o texto oficial baseado em “ocorrendo necessidade imperiosa, poderá a duração do trabalho exceder o limite legal ou convencionado, seja para fazer face a motivo de força maior, seja para atender à realização ou conclusão de serviços inadiáveis ou cuja inexecução possa acarretar prejuízo manifesto”. Dessa forma, todo funcionário que faz hora extra tem direito a receber um adicional de, no mínimo, 25% da hora normal, em casos onde o trabalho extra seja executado de segunda a sexta-feira. Se o relógio Ponto marcar trabalho extra aos sábados e/ou domingos, o funcionário recebe, então, 100% do valor da hora trabalhada.

Para fazer o cálculo da hora extra a receber, basta dividir o seu salário pelo número de horas que você trabalha no mês – de acordo com aquilo que está registrado em sua carteira de trabalho. O resultado dessa conta será a informação que precisa. Por exemplo: se o seu salário for de R$ R$1.000,00 e sua carga horária é de 44 horas semanas (220 horas em média por mês), chegamos ao valor de R$ 4,54 por hora trabalhada. Esse modelo é utilizado para quem faz 8 horas de jornada por dia. No caso dos trabalhadores de seis horas a divisão é por 180 e, nos casos de quatro horas trabalhadas, utiliza-se o número 120.

Cálculo das horas extras

Cálculo das horas extras

Com o salário-hora em mãos, deve-se acrescentar 50%, que é o percentual legal da hora extra, e o resultado será o valor da hora a mais trabalhada. Vamos a mais uma demonstração: se o valor é de R$ 4,50, você deve multiplicá-lo por 1.5, resultando em R$ 6,75 cada hora a mais realizada. Para saber o total que você deverá receber ao final do mês, basta multiplicar o valor pelo tempo a mais que você ficou exercendo suas atividades na empresa. Além das horas extras em dia típico e sábado, a legislação brasileira declara que o trabalhador deve receber um adicional de 100% caso tenha realizado atividades durante domingo e feriados.

As horas extras são pagas sempre ao final do mês em que foram realizadas – pelo menos na teoria imposta pela legislação. Em alguns casos, esse momento a mais de trabalho, se houver um acordo, também pode ser compensado com dia de folga em banco de horas das empresas. Portanto, fique atento ao seu cartão ponto e saiba os seus direitos caso seja necessário ultrapassar, por um ou vários dias, sua jornada de trabalho.

Hora Extra

  • sandra ramalho

    08/04/2013

    Bom dia.
    Gostaria de saber como poço proceder no ponto com os funcionarios que chegam batem o ponto e vao tomar cafe ou trocar de roupa.e no final do mes querem receber hora extra.

  • Maria Aldinete Fernandes

    06/05/2013

    Boa tarde!
    Trabalho em um panificadora a mais de tres anos,agora fui demitida sem justa causa,trabalho aos domingos e feriados e nao tenho folga semanal,somos em 4 funcionarias revezamos aos domingos e feriados,sem falar nas horas a mais que trabalhamos e nao recebemos,gostaria se saber como procede neste caso.
    Desde ja agradeco a atencao

  • Derly

    27/06/2013

    Na convenção foi determinado que as horas extras seriam pagas em 100%, a partir da 2º hora trabalhada. Gostaria de saber o que determina a legislação brasileira. Poderia pagar 50%, além da 2►7 hora?

  • Derly

    27/06/2013

    Na convenção foi determinado que as horas extras seriam pagas em 100%, a partir da 2º hora trabalhada. Gostaria de saber o que determina a legislação brasileira. Poderia pagar 50%, além da segunda hora?

  • milenealves

    11/10/2013

    trabalho a três anos em um empresa e nunca bati cartão quando entrei trabalhava um domingo sim e um nao por conta propria o patrão mudou trabalhamos e só folgamos um domingo no mês nao recebemos nada por isso e ainda trabalhamos uma hora amais de sexta e sabado só temos 30m de almoço e nosso horario é das 6:00as 14:00 por favor me oriente..

Deixe um comentário!



Conteúdo Grátis

Páginas